X

Uso de cookies: Utilizamos cookies propias y de terceros para mejorar la experiencia de navegación y ofrecer contenidos y publicidad de interés. Si continúa navegando, consideramos que acepta su uso. Puede obtener más información, o bien conocer cómo cambiar la configuración, en nuestra Política de cookies

ComunicaeV5

Pacific Green alcança acordo para desenvolver 1,1 GW de projetos de armazenamento de energia em bateria

O setor de energia continua seu processo de transformação e players como a Pacific Green vão assumindo protagonismo na indústria, com o anúncio de um novo acordo exclusivo no Reino Unido

Publicado no Dover, Delaware, EUA o no Ecologia , Indústria e energia

Os avanços tecnológicos têm permitido uma redução dos custos das energias renováveis, sendo esse um dos principais motivos para o bom desempenho do setor energético. As melhorias nos sistemas de armazenamento de energia em bateria (BESS, do inglês Battery Energy System), que permitem incorporar grandes quantidades de energia mais limpa aos sistemas, bem como o crescimento de redes inteligentes farão com que a produção de eletricidade renovável a baixo custo seja, cada vez mais, uma realidade na transformação do setor de energia.

De acordo com a Agência Internacional de Energia Renovável, a energia renovável não subsidiada já é, atualmente, a fonte de energia mais acessível em muitos mercados, e os custos devem continuar caindo na próxima década.

O exemplo mais recente dos movimentos que se estão registrando no setor foi anunciado esta semana. A Pacific Green Technologies, Inc.comunicou ao mercado a celebração de um contrato exclusivo para desenvolver até 1.100 MW de sistemas de armazenamento de energia em bateria no Reino Unido, fornecidos por TUPA Energy Limited. Como parte do acordo com TUPA, a empresa também adquiriu os direitos de 100 MW de BESS em Kent, Reino Unido, e planeja concluir os 1.000 MW restantes até 2023.

A aquisição acontece depois da compra da Innoergy Limited pela PGTK e o acordo-quadro com a Shanghai Electric Gotion New Energy Technology Co. A empresa está agora bem posicionada para se tornar líder de mercado BESS no Reino Unido e planeja expandir seus projetos BESS em todo o mundo.

A TUPA conta com uma experiência considerável em soluções de energia renovável, de terrenos e de rede no Reino Unido, assim como conhecimento dos sistemas de interconexão Reino Unido-Europa. Esta ampla gama de conhecimentos permite à companhia criar projetos prontos para desenvolver no Reino Unido e no exterior.

Scott Poulter, CEO da PGTK, comentou: "Estamos testemunhando um tremendo crescimento na indústria de armazenamento de energia à medida que as energias renováveis ​​continuam ganhando impulso. O contrato com a TUPA complementa e aprimora nossa experiência na construção de nossa plataforma de armazenamento de energia. Juntamente com a PowerChina e a Shanghai Electric. Juntos, temos a experiência técnica e a capacidade de fabricação para rivalizar com os líderes de mercado mundiais como desenhadores, desenvolvedores e fabricantes, ao mesmo tempo em que somos muito empreendedores em nossa abordagem."

Chris Atherton, presidente da TUPA, comentou: "Estamos muito satisfeitos por fazer parte da ambiciosa entrada da Pacific Green no mercado de armazenamento de energia em baterias do Reino Unido. A Pacific Green demonstrou sua capacidade de crescimento no setor marítimo, construindo e entregando uma carteira de pedidos de 250 milhões dólares. O dinamismo e escalabilidade foram fundamentais para nossa decisão de optar exclusivamente pela Pacific Green. Estamos muito satisfeitos por fazer parte do crescimento da Pacific Green."

A PGTK continuou a expandir suas tecnologias adquirindo a ENGIN em 2019 e a Innoergy em 2020, de maneira que seu portfólio agora inclui energia solar concentrada, sistemas de controle de emissão de gases de combustão, dessalinização de água e sistemas de armazenamento de energia em bateria. A PGTK continua a buscar ativamente tecnologias complementares para adicionar ao seu portfólio Cleantech.

Scott acrescentou: "A Pacific Green identificou e agora está visando indústrias e setores específicos onde sua tecnologia aprimora o crescimento da indústria de soluções de tecnologia limpa. Além de ter a capacidade e os recursos para realizar projetos de grande escala, a Pacific Green continuará a desenvolver e produzir novos produtos de ponta à medida que nos permita expandir para novos setores e começar a desenvolver ativos renováveis."

A joint venture da PGTK com a PowerChina SPEM, uma das maiores empresas de engenharia, aquisição e construção do mundo com receitas anuais de cerca de 50 bilhões de dólares, combina expertise técnica de elite com capacidade de produção incomparável na China, o que garante que a PGTK possa escalar efetivamente em todos os setores da indústria.

O acordo-quadro da PGTK com a Shanghai Electric aumenta ainda mais a posição da PGTK no espaço de tecnologia limpa. A SEG é uma joint venture entre o grupo Shanghai Electric Group Co. e a Guoxuan High-tech Co., Ltd., e opera um dos mais avançados centros de produção e gerenciamento da cadeia de suprimentos do mundo. A Shanghai Electric conta com 70.000 funcionários e mais de 20 bilhões de dólares em receita operacional, bem como décadas de experiência na fabricação e integração de equipamentos de energia.

A PGTK continuará a aderir a uma estratégia de desenvolvimento de alta qualidade, implementando processos aprimorados em todas as disciplinas e fornecendo produtos e serviços profissionais e eficientes de última geração para seus clientes.

Para mais informção: www.pacificgreentechnologies.com

Se quer receber mais informação sobre este comunicado poderá solicitá-lo no seguinte link:

Mais informação

Comunicados de imprensa relacionados

Consultoria gratuita de comunicação

Se tem um negócio, é importante cuidar e trabalhar a sua comunicação. A Comunicae oferece-lhe uma sessão gratuita com um dos nossos consultores para analisar e melhorar a sua estratégia de comunicação.

Peça-lo agora

Comunicados de imprensa destacados

    Sem dados, de momento.